Quitar as dívidas e juntar dinheiro: como?

1 vote

Quando o assunto é quitar as dívidas e juntar dinheiro, muitas pessoas ficam em dúvida do que pode ser feito. Isso porque, apesar de parecer tarefa fácil, não é. Especificamente para algumas pessoas, que não possuem o hábito de poupar.

guardar dinheiro
Fonte: Essential Business/Reprodução

Isso porque, sim, acaba sendo um hábito. Em que, quanto mais estratégias se conseguem para tal, mais fácil vai ficando. Então, caso você seja uma pessoa com dificuldade em quitar as dívidas e juntar dinheiro, saiba que, agora aprenderá a como fazer isso. Vamos começar com as dicas?

O primeiro passo, sem dúvida, é entender quanto você deve. Se organize a ponto de somar sua(s) conta(s) e assim, saber o valor exato. Isso porque, sim, todo o seu esforço para quitá-la depende de você. porém, é preciso ter noção do valor total. Ou melhor, exatidão. Ainda com relação a essa dica, uma outra é fazer isso através de planilhas. Com certeza não se arrependerá.

Inclusive, não apenas planilhas para somar suas contas. Mas, para cuidar da sua saúde financeira sempre. Anote nelas suas entradas e saídas e tudo o que puder com relação aos gastos e ganhos. Assim, será muito mais fácil visualizar se, no final, você tem gasto menos do que ganha. Já sabe que, se isso não acontecer, terá duas opções: achar um emprego que ganhe mais ou começar a poupar.

Só que, isso é assunto para outro momento, já que, o foco aqui é quitar as suas dívidas e poupar seu dinheiro.

Guardando dinheiro

quitar as dívidas e juntar dinheiro
Fonte: Minilua/Reprodução

Com relação a quitar as dívidas e juntar dinheiro, mais um ponto importante e que faz toda diferença é se desafiar. Isso porque, quando metas são estabelecidas, é importante que desafios ocorram. Digamos que esteja difícil colocar na cabeça que se precisa poupar. Que tal ir estipulando algumas coisas, como se fossem bônus pelo que vai conseguir?

Do tipo: se eu conseguir quitar as dívidas e juntar dinheiro, a quantidade x nesse mês, eu posso ir na pizzaria. Ou ainda, comprar aquela peça de roupa que eu queria. Assim, a sua mente acaba aprendendo a trabalhar com recompensas. E quando você menos esperar, terá um resultado e tanto com relação as suas conquistas financeiras.

Caso consiga ir guardando cada vez mais dinheiro e isso fizer com que aumente as metas, outra dica é aumentar as recompensas também. Mas, sempre com pé no chão. Depois de um tempo poupando, quem sabe a recompensa não possa ser até uma viagem, não é mesmo? Só o tempo e a sua organização é quem vão dizer.

Dependendo o valor da sua dívida, mais uma dica é trocar de banco/opção. Muitas vezes a dívida existe e se está pagando um alto valor por ela, sendo que, há como diminuir isso. Quer ver? Se está pagando altos juros do cheque especial, tente fazer um empréstimo que pague suas contas e que tenha, parcela pequena e juros menores. Porém, analise as opções disponíveis, sem fazer as coisas na louca, sem planejamento. Coloque tudo no papel e veja o que realmente compensa. Assim, o resultado com certeza será satisfatório.

Aprendendo a se organizar

poupar dinheiro
Fonte: Debt/Reprodução

Você já ouviu falar sobre ter um fundo de emergência? Sabia que, quando o assunto é quitar as dívidas e juntar dinheiro, essa é uma das melhores opções? E mais, que todo mundo deveria ter o seu?

Caso não saiba, como o nome já diz, o fundo de emergência tem como objetivo te salvar com relação a alguns possíveis apuros. Por isso que, quanto antes as pessoas aprendem a importância de poupar, melhor. Já que, dessa forma, elas passam a conseguir acumular esse fundo muito mais facilmente.

E quando se fala em quanto antes, se inclui crianças poupando. Se isso acontece, na vida adulta, em meio ao trabalho, elas passam a ter uma estabilidade financeira, que permite muitas coisas. Como sair de um emprego insatisfatório, já que se tem o fundo de emergência. Então, depois de conseguir quitar as dívidas e juntar dinheiro, foque nisso. Como? Digamos que você ganhe cinco mil reais ao mês. Comece guardando pouco para esse fundo. Pode ser uma porcentagem, cinco, dez por cento. Vai perceber que isso não fará falta nos seus gastos, porque você vai se organizar. E, na sua conta, fará completa diferença.

Mais sobre quitar as dívidas e juntar dinheiro

quitar as dívidas e juntar dinheiro
Fonte: Clever Girls Finance/Reprodução

Ainda sobre quitar as dívidas e juntar dinheiro, lembre-se de sempre tentar negociar as suas dívidas. Muitas vezes, os bancos e instituições até oferecem propostas de negociação, mas, estas costumam ser assustadoras.

Então, o que precisa ser feito é uma negociação com relação a isso. Se puder, dê preferência a ir pessoalmente tentar conversar e resolver isso. Comente que você possui diversas opções e que, se o banco não conseguir melhorar as taxas, você procurará outro lugar. Coisas do gênero.

Perceberá que, em meio às negociações, é possível ganhar muitos recursos. E economizar bastante.

Outro ponto é evitar usar o cartão de crédito em meio a quitar as dívidas e juntar dinheiro. Algumas pessoas, quando começam a pagar as suas contas, tendem a achar que podem sair gastando mais depois. E aí, o que acontece é que todas as dívidas feitas anteriormente, existirão novamente, se não tiver controle. Por isso que, tentar não levar o cartão de crédito é sempre uma boa ideia. Isso fará com que não se tenha vontade de usá-lo. E é isso que você deseja, não é mesmo?

A ação evitará problemas futuros. Como contas que não podem ser pagas. Que tal a última dica e quem sabe, a mais importante?

Quando aprender a poupar, você precisará saber como e onde investir. Quais são as melhores formas para isso. Já que, deixar apenas o dinheiro guardado não é vantajoso. Comece a estudar o mundo dos investimentos e o que ele tem a te proporcionar. No início, invista menos e vá aumentando no decorrer do tempo. Perceberá que, quitar as dívidas e juntar dinheiro foi a melhor coisa que fez.

E, que tal agora aprender a como melhorar o score do CPF?

Postagens relacionadas