Regra 50 – 30 – 20: Saiba como melhorar o seu orçamento pessoal!

regra 50 - 30 - 20
0 votes

Descubra neste artigo como usar a regra 50 – 30 – 20 e administrar melhor as suas finanças pessoais!

Muitas pessoas possuem dificuldade para guardar dinheiro e até mesmo para gerir os ganhos do mês.

Isso é normal, mas não significa que é algo com, afinal, não cuidar do seu orçamento da forma correta pode gerar diversos tipos de problemas financeiros, incluindo dívidas e negativação do nome.

Pensando nisso, reunimos algumas dicas bem importantes sobre como aplicar a regra 50 – 30 – 20 e mudar a sua vida financeira.

Portanto, acompanhe este artigo até o final e saiba como melhorar o seu orçamento pessoal de forma simples e prática!

Boa leitura!

Afinal, o que é a regra 50 – 30 – 20?

regra 50 - 30 - 20
Fonte: Pixabay

Em primeiro lugar, vamos explicar para você o que é esse método e como ele funciona na prática.

Resumindo, a regra é bem simples, 50% dos seus ganhos devem ser para as contas essenciais, como aluguel, luz, água, etc. 30% dos seus ganhos devem ser para você gastar como quiser e 20% deve ser para a sua poupança.

Por exemplo, se você ganha mensalmente R$2000, R$1000 deve ser para as suas contas essenciais, R$600 para cartões de crédito (gastos com roupas, bares, etc) e R$400 deverá ir direito para a sua poupança.

O grande diferencial deste modelo é que ele é realmente muito simples, perfeito para quem não possui muito conhecimento em finanças, por exemplo.

Além de simples, o resultado é muito positivo. Afinal, ainda seguindo o exemplo acima, se você poupar R$400 a cada mês, no final do ano você terá poupado R$4800.

Com certeza, com esse valor será possível reagir a um possível imprevisto, usar para alguma meta pessoal ou continuar poupando para atingir outro tipo de objetivo.

Geralmente, as pessoas falham bastante quando o assunto é finanças pessoais, principalmente pelo nível de complexidade, mas com a regra 50 – 30 – 20, tudo fica bem mais fácil.

Quais são as vantagens deste método?

Se você ainda possui dúvidas sobre como esse método pode ser realmente vantajoso, não se preocupe, separamos alguns motivos que irão te fazer mudar de ideia, veja abaixo:

  • É uma das formas mais simples de organizar a sua vida financeira;
  • Grandes chances de ter uma poupança;
  • Oportunidade de gastar uma parte da sua renda com o que deseja;
  • Menos chances de acumular dívidas;
  • Maior responsabilidade financeira.

Estes são os principais motivos pelos quais você deve aplicar a regra 50 – 30 – 20 no orçamento agora.

Além de um maior equilíbrio financeiro, é a melhor maneira de se livrar de dívidas, juros e da negativação do seu nome no SPC e Serasa.

Gostou do nosso artigo sobre orçamento pessoal? Então aproveite e compartilhe com os seus familiares e amigos nas redes sociais!

Dúvidas? Deixe abaixo nos comentários!

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *