Como fazer sua reserva de emergência?

Se já não sabemos como será nosso amanhã, imagina sabermos se teremos problemas financeiros ou não… Isso é algo possível e por isso a necessidade de termos um dinheiro guardado. Se você não sabe como fazer sua reserva de emergência, neste artigo você aprenderá alguns passos importantes.

reserva de emergência como guardar cada centavo

Ter sempre um dinheiro guardado pode salvá-lo em diversas situações. Inclusive de seu cartão de crédito que pode ser o grande vilão devido aos juros altos. Mas, quanto guardar, onde guardar? Essas e mais algumas outras soluções estarão logo abaixo.

Você sabe o que é uma reserva de emergência?

Pois, é uma pergunta retórica devido ao que indica o próprio nome. Uma reserva de emergência serve para ajudá-lo em algum momento que surja aquela problema financeiro inesperado, como por exemplo:

  • Remédios caros;
  • Conserto de automóveis ou algum reparo na residência;
  • Procedimento médico;
  • Crise nos negócios;
  • Desemprego, ou qualquer outra situação que atinja suas finanças.

Porque, uma questão sobre a reserva de emergência é o valor que deve ter, geralmente é utilizado o prazo de um ano. Ou seja, é muito dinheiro para sustentá-lo em um determinado período de oscilação financeira.

Por isso a necessidade de aplicar sua reserva de emergência em algum fundo de rendimentos. Mas, cuidado, existem investimentos que impedem o resgate. E isso pode acabar te complicando com a necessidade de tirar algum dinheiro.

reserva de emergência tenha tudo na ponta do lápis
business accounting with saving money with hand putting coins on stack concept financial

Use o dinheiro de sua reserva de emergência somente para situações necessárias, não gaste com compras ou qualquer outra coisa que pode esperar por melhores situações. Pois, lembre-se: reserva de emergência é uma reserva para momentos necessários.

Qual a importância de uma reserva de emergência?

Muitas pessoas acabam descartando a necessidade de criar uma reserva de emergência devido a certeza que nunca passarão por problemas financeiros, esta certeza é o primeiro ponto para estipular um valor para se economizar, ainda mais na atual situação do país.

A taxa de desempregados tem aumentando exponencialmente e as cotas de desemprego não são eternas, por isso, nada mais interessante que estipular um determinado valor para se economizar. Sei que é difícil, mas 10% de sua renda pode lhe ajudar e muito.

Algumas pessoas acabam não se preocupando com isso devido ao cartão de crédito, no entanto, é preciso tomar muito cuidado e utilizá-lo com ponderação e moderação, já falamos a respeito disso algum tempo atrás e você pode conferir aqui neste link.

Digamos que, no mês de setembro, você utilizou mais do que ganha e precisou recorrer aquele conserto no cartão de crédito. Você pode estar tranquilo no momento, porém, em outubro, você terá os mesmos gastos do mês e ainda, aquele que acabou empurrando para o mês vigente.

Aprenda a montar uma reserva de emergência

Agora que sabe da importância e necessidade de ter uma reserva de emergência, nada mais adequado que darmos cinco dicas importantes para começar a sua reserva de emergência para não recorrer para cheque especial ou cartão de crédito.

1 – Crie um orçamento

Um dos primeiros passos para começar a sua reserva de emergência é ter todos os proventos e descontos controlados. Algo que nem todo mundo costuma fazer devido a correria.

Tudo bem, pode parecer perda de tempo e complicar seu tempo no início, mas com o tempo as coisas poderão se tornar tão automáticas e, consequentemente, mais fáceis.

tenha todos os gastos e recebimentos controlados

Controlando seus gastos e seus recebimentos, fica muito mais fácil destinar uma determinada quantia para sua reserva de emergência.

Não anote apenas as dívidas básicas, como: gás, água, mercado, internet, etc. Marque também as dívidas que ainda chegarão no final do ano, algo importante para seu próprio controle.

2 – Estipule um valor para sua reserva de emergência

Para uma reserva de emergência que realmente ajude em seus problemas financeiros é que ela consiga te sustentar durante seis meses. Para isso, tudo que você precisa é multiplicar seus gastos comuns por seis e ter esse valor guardado.

Outra maneira para se calcular isso é multiplicar seu salario por seis. Se você conseguir guardar um ano de salário poderá ter uma ótima reserva. Claro que isso é um valor alto, no entanto, estamos falando em uma economia mensal de valores que estejam sobrando de seu orçamento.

3 – Planeje o prazo de suas reservas

Digamos que você tem uma reserva de emergência e que acabou recebendo um dinheiro inesperado e quer aproveitar para investir em outra coisa, lembre-se: sua prioridade é sua reserva de emergência.

Não deixe de separar um determinado valor para que torne seus problemas financeiros mais fáceis de serem superados em um determinado momento. E atente-se para as regras de resgaste.

Utilizar nossa multiplicação pode apontar valores altos demais, por isso a necessidade de planejar. Se sua reserva apresentou um valor muito alto, não fique desmotivado e siga guardando seu dinheiro conforme sua possibilidade.

4 – Atente-se para seus gastos

Se você conseguiu criar um planejamento de gastos e conseguiu encontrar o valor, pode iniciar o novo e mais difícil estágio que é tomar cuidado com os gastos.

Se você já tem o costume de controlar seus gastos observando quanto ganha, já é um ótimo caminho. Evite andar com cartões para evitar compras por impulso e, ao ir ao supermercado, vá alimentando.

use a máquina de calcular para não gastar mais do que deve nos supermercados

Corte os gastos que julga supérfluo e que estão minando um determinado valor em suas economias, como por exemplo: TV a Cabo, saídas de carro para o trabalho, entre outros gastos que podem ser evitados a favor de sua reserva de emergência.

5 – Poupe antes de gastar

Muitas pessoas recebem seus salários, pagam suas contas e o que sobrou dividem em duas partes: uma para economizar e outra para gastar com a casa. Se você faz isso, saiba que não é o ideal.

Na verdade, algo que tem ajudado muitas pessoas com suas reservas de emergência é pagar a si próprio antes de qualquer gasto ou pagamento de conta, ou seja, você já tem uma ideia do que vai gastar no mês. Tire uma parte e pague a si próprio, esse dinheiro será o guardado.

Desta maneira, você terá um valor diferente nas mãos e poderá trabalhar com o dinheiro disponível dentro das possibilidades e necessidades.

Reserva de emergência pode ser a solução

A reserva de emergência é importante, não somente para algum inesperado problema financeiro, como também, para qualquer outra eventualidade. Claro que, se você tiver crianças pequenas, uma forma de garantir uma reserva para seu filho é criar uma poupança e estipular um valor.

Isso é algo que pode ajudar no futuro do filho com uma faculdade, isso sem mencionar que estará ensinando que a economia pode realmente fazer uma grande diferença quando é algo que tomamos como costume e prioridade.

Espero que tenham gostado deste artigo e caso tenham achado interessante, compartilhem em suas redes sociais para outras pessoas terem acesso e a percepção da necessidade de realizarmos uma reserva de emergência.

Lembrando que, você não precisa ter os 10% de seu orçamento livre para criar a sua reserva, ainda mais hoje em dia que tudo é extremamente caro, guarde o valor que pode e lembre-se, agora ele será pouco, contudo, com o passar dos anos, esses 50,00 (que seja esse valor) pode lhe ajudar e muito.

Como cancelar compras no cartão de crédito?

Já falamos por aqui sobre alguns cuidados a respeito do cartão de crédito, controle, cuidados, entre outras informações. Ainda falando sobre o assunto, desta vez, ensinaremos como cancelar compras no cartão de crédito. É possível? Sim, é possível.

Geralmente não é algo que passa com frequência em nossas cabeças, mas, imagine se de repente realiza uma compra e percebe que o limite está quase estourando e precisa do cartão de crédito para outra compra?

cancele o cartão de crédito com uma ligação

Cancelar uma compra no cartão de crédito é muito simples e te convido a continuar lendo esse artigo para você ter uma ideia da simplicidade e também de algumas situações que nos forçam o cancelamento. Claro, você talvez não queira cancelar alguma compra, mas saber que existe como é sempre importante.

1 – Comprou no cartão de crédito e se arrependeu

Acredite, isso é algo muito comum, ainda mais com os portadores de cartão de crédito que acabam comprando por impulso. No momento do calor, não conseguimos nos segurar, mas basta virar as costas da loja que a nossa consciência começa a palpitar em nosso ouvido.

Digamos que você comprou pela internet ou pelo telefone, ao receber o produto, viu que não era aquelas coisas e decidiu devolver e cancelar a compra. Você pode fazer isso devido ao Código de Defesa do Consumidor (CDC) que dá sete dias para o comprador se arrepender do produto.

você pode cancelar a compra no cartão de crédito caso se decepcione com o produto

Por isso, se comprou alguma coisa e se arrependeu, nada mais adequado que acionar prontamente a loja para realizar os tramites de cancelamento. Os produtos comprados pela internet são mais fáceis de conseguir cancelar e os revendedores devem até repassar o protocolo de cancelamento.

Independente de onde comprou, não se esquece de anotar esse número de protocolo tão importante para futuras reclamações, ainda mais por estar lançado em seu cartão de crédito. Lembre-se: segurança demais nunca é o bastante.

Outro detalhe importante: não pense que receberá o dinheiro em espécie, depois do cancelamento realizado, o valor será estornado e entrará em seu cartão como crédito para você.

2 – Comprou algo no cartão de crédito e no final das contas não curtiu?

De repente você comprou aquele produto que tanto ansiava, mas, ao chegar em suas mãos, viu que não era nada daquilo ou, acabou ficando decepcionado por causa de algum defeitinho. Esse é um tipo de compra que pode ser facilmente cancelada.

Digamos que você comprou uma roupa e não curtiu seu caimento, você pode trocar no prazo de 30 dias diretamente com o revendedor. Esse tempo vale para todo e qualquer produto não durável que tenha comprado, como por exemplo: comidas, produtos de limpeza, entre outros produtos que não duram por muito tempo.

Já com os produtos que duram mais, como: celular, carro, geladeiro, entre outros, o prazo para entrar em contato com o vendedor é de 90 dias.

E olha que interessante, esse tempo começa a valer no momento que você percebe o defeito que tanto lhe incomoda. Agora, se o vendedor não conseguir dar jeito em sua situação.

esteja sempre informado sobre os limites de seu cartão de crédito

Neste momento você poderá entrar em contato com a administradora de seu cartão de crédito para cancelar a compra, mas para isso você precisará ter algum documento e os números de protocolo para comprovar sua reclamação.

A administradora cancelará a compra e entrará em contato com o vendedor para maiores esclarecimentos e retornará o contato com você, cliente, em um prazo de quarenta e cinco dias.

Uma dica importante para compras pela internet: se você recebeu um produto, abra-o diante do entregador e se por ventura encontrar algum defeito, devolva-o no mesmo instante para facilitar todo o processo.

3 – Comprou mas cobraram valor errado

Isso é algo bem comum de acontecer, às vezes, um determinado lançamento entra em duplicidade em nosso cartão de crédito. Para cancelar tal situação, basta ligar na empresa que lhe vendeu o produto que eles arrumam rapidinho.

Agora, se você perceber uma cobrança indevida, ligar para a empresa e não darem uma solução, acione a administradora do cartão de crédito e relate todos os acontecimentos para eles entrarem no assunto.

4 – Uma compra que apareceu do nada em sua fatura

De repente, você olha a fatura de seu cartão de crédito e encontra um lançamento que não realizou. Isso é algo bem comum e a primeira atitude que deve tomar é ligar prontamente para a administradora de seu cartão.

Eles farão algumas perguntas para terem certeza que realmente não realizou a compra. E, obtendo todas as informações que comprovem, cancelam a compra. Também o cartão e para sua segurança e para deles, manda um novo cartão de crédito.

apareceu uma compra alta em seu cartão de crédito?
Obsessed compulsive on line shopper or gambler checking results in a laptop at home

Outro detalhe importante antes de finalizar o artigo é chamar atenção para uma prática que pode ser penalizada por lei. As administradoras de cartão de crédito não podem enviar nenhum cartão sem a sua solicitação. Por isso, caso tenha recebido algum, você pode reclamar nos órgãos competentes.

Mas, como viram, cancelar uma compra em seu cartão de crédito não é apenas possível, como ainda permitido pela lei. Por isso, se comprou algum produto e acabou se decepcionando ou encontrando algum defeito, é o seu direito de consumidor, cancelar a compra.

Quanto às cobranças indevidas. Pois algumas pessoas preferem olhar os lançamentos de seu cartão de crédito somente quando está próximo de vencer. Porque isso pode gerar um problema caso seja cobrado ou tenha algum lançamento indevido.

É preciso estar sempre de olhos nos lançamentos e de preferência em horário útil para poder entrar em contato. E isso prontamente com o banco para solucionar o seu problema antes que lhe cause mais incômodos.

10 dicas de como usar o cartão de crédito de forma certa

O cartão de crédito é uma ótima facilidade para quem prefere pagar suas contas com um prazo mais folgado. No entanto, quando não há um controle ou planejamento… O que era para ser uma ótima ferramenta, acaba se tornando um grande problema. E por isso, convido a continuarem lendo esse artigo sobre 10 dicas de como usar o cartão de crédito da maneira correta.

Antes de sairmos picotando nosso cartão de crédito, precisamos levar em consideração que eles são uma ótima ferramenta em nosso dia-a-dia. E, como qualquer ferramenta, é preciso ser utilizado corretamente. Isso para evitar rombos em nosso orçamento. Quando utilizado com sabedoria, é um ótimo aliado para algumas despesas no lar. Veja alguma dicas abaixo:

1 – Tenha um planejamento financeiro

O planejamento financeiro é imprescindível para as pessoas que utilizam cartões de crédito. Infelizmente, o que causa as grandes dívidas “bola de neve” é justamente o uso indevido sem o controle dos gastos.

Por se tratar de um cartão que só vamos ter contato com o que temos que pagar em trinta dias, nada mais comum que acabamos gastando mais do que deveríamos. E é ai que mora o grande perigo.

Evite pagar o mínimo do cartão! Você precisa ter o dinheiro correto para quitá-lo completamente. Caso contrário, ele terá juros que poderão aumentar ainda mais o seu saldo devedor.

cartão de crédito com planejamento financeiro

Com um planejamento e a consciência de quanto pode gastar, você poderá caminhar tranquilamente com ele no bolso. E isso sem aquela necessidade de sair comprando tudo que encontra pelo caminho. Algumas pessoas preferem deixá-lo em casa para não correr riscos, algo que pode ser uma saída também.

Despesas corriqueiras com a casa, nada mais adequado que comprar no cartão de débito. Ou em dinheiro, deixar o cartão de crédito somente para aquelas contas necessárias. E, mesmo assim, com os dois olhos voltados para suas despesas.

2 – Cuidado com o limite de seu cartão de crédito

Quando utilizamos nosso cartão de crédito, temos uma falsa ideia de que estamos comprando sem o dinheiro sair de nossa conta, na verdade, naquele momento, realmente não está, mas sairá mais para frente e dependendo do valor, trará muitas dores de cabeça.

Se você é uma das pessoas que não conseguem ou precisam utilizar o cartão de créditos com frequência, recomenda-se que utilize uma saída bem interessante para limitar gastos excessivos.

Alguns bancos acabam incentivando os gastos liberando limites muito além de nossos salários, por isso, peça para colocar o limite de seu cartão a 50% de seu salário. Essa saída poderá lhe ajudar em termos de economia no uso de seu cartão de créditos.

3 – Preste atenção no que está gastando seu dinheiro

Uma forma de controlar os gastos é estar com os olhos bem abertos para aquilo que está gastando seu dinheiro. Por isso, tenha anotado todos os valores que passar em seu cartão de créditos, incluindo as vendas parceladas.

Em muitos casos, levamos em consideração apenas as compras que fizemos em uma única vez. E esquecemos daquelas que parcelamos. Esse é um grande problema pois o acúmulo de despesas pode gerar gastos muito maiores para seu bolso.

cuidado para não gastar demais com seu cartão de créditos

Se você não gosta de anotar ou não tem tempo para isso, analise sua fatura detalhada para ver onde está colocando seu dinheiro, desta maneira, você poderá estar observando onde está gastando e se é de necessidade ou não para você, sua família ou sua casa.

Você também pode apelar para a tecnologia e instalar em seu celular algum aplicativo de controle de finanças e nele, realizar todas as anotações e estar de olho onde está investindo seu dinheiro.

4 – Tenha apenas um cartão de crédito

Hoje em dia, qualquer loja ou supermercado está oferecendo cartão de créditos próprio. Para algumas pessoas, ter diversos cartões de créditos lhes dão um certo status. E se for o seu caso, não se deixe enganar pela sensação.

Além de ser inviável ter mais cartões de créditos, os gastos, mesmo sem utilizá-los são maiores. Não podemos esquecer que todo cartão de crédito conta com uma taxa de anuidade, que não são nada baratas.

Quando temos a necessidade de termos mais um cartão de crédito, é sinal que somos mais propensos para gastar, por exemplo, você chega no limite do seu primeiro, passa para o segundo e assim por diante, quando começam a chegar as faturas, o usuário descobre que gastou mais do que podia.

5 – Negocie as taxas de anuidade de seu cartão de crédito

Como disse acima, as taxas dos cartões de crédito podem ser bem altas, mas, e se lhe dissesse que tem uma forma de negociar esse valor? Digamos que você é um usuário de seu cartão de crédito, toda compra que realiza, coloca no crédito.

A empresa por traz dele já ganha um percentual em cima de seus gastos e isso lhe dá a oportunidade de negociar valores, já que é um usuário constante. Você pode chegar á administradora de seu cartão de crédito e mencionar esse fato.

as taxas podem ser grandes vilãs de seu cartão de crédito

Algumas pessoas relatam que conseguiram até mesmo ficarem isentas de pagar a taxa. Outro detalhe importante que deve ser levado em consideração é o tipo de cartão de crédito, por exemplo, digamos que você tenha um cartão internacional, muito chique, mas para que ter um internacional sendo que não tenciona sair do país?

Esse tipo de cartão de crédito tem taxas altas, ou seja, se você paga uma taxa alta e nem pretende sair do país… Para que ter? Concorda? A economia começa neste ponto.

6 – Não pague o mínimo de seu cartão de crédito jamais!

Nunca, jamais pague somente o mínimo de seu cartão de crédito! Tudo bem que naquele momento pode parecer a melhor saída, mas, pense: você já está endividado, parcelar o cartão só lhe trará novos débitos que também não conseguirá pagar.

Caso seja a sua situação, a melhor opção é recorrer para um empréstimo pessoal e parcelar essa nova dívida contraída. Será mais fácil quitá-la devido aos juros que serão bem menores que de seu cartão de crédito.

7 – Esteja sempre de olho no saldo de seu cartão de crédito

Consultar o saldo de seu cartão de crédito de vez em quando pode garantir noites de sono mais tranquilas. Por não vermos o dinheiro saindo, muitos acabam gastando e até mesmo, esquecendo de dar aquela espiadinha básica em nossos gastos.

Esse é um grande problema, pois acabamos tendo consciência que fomos longe demais quando a fatura finalmente chega até nós. Para evitar isso, crie uma rotina e esteja sempre consultando o limite de seu cartão. Estipule um limite e ao atingi-lo, abandone seu cartão de crédito em casa para não correr riscos.

8 – Não pague tudo no seu cartão de crédito

Algumas pessoas querendo protelar um pouco mais o pagamento das contas básicas de uma residência, acabam pagando tudo no cartão de crédito, isso não é uma prática aconselhável, pelo fato da administradora do cartão cobrar uma taxa pelo serviço.

Tudo bem que você prefira concentrar todos os gastos em uma única fatura, contudo, é preciso levar em consideração essas taxas que, querendo ou não, no decorrer de doze meses pode representar um valor substancial.

Fique de olhos bem abertos para os limites de seu cartão de créditos

9 – Fique de olhos bem abertos para cartões de crédito que oferecem vantagens e descontos

Atualmente muitas empresas de cartões de crédito oferecem uma série de programas para incentivar a escolha de seus serviços, um dos mais comuns é o programa de milhas, mas existem outros, como por exemplo: De combustível, entre outros.

Ao realizarmos compras com nossos cartões de créditos, pontos vão sendo gerados e podemos ter uma gama de descontos que poderiam valer a pena. Como assim poderiam? Isso é um incentivo para que gastemos mais do comum em nossos cartões.

Por isso a necessidade de estarmos com os olhos bem abertos e nos contentar com a pontuação que vamos ganhando com as nossas compras realmente necessárias. Gastar mais nem sempre lhe trará mais pontos e isso pode ser uma grande armadilha para seu bolso.

10 – Evite fazer cartão de crédito de outras lojas

Lembra que falei um pouco mais acima sobre ter apenas um cartão de crédito? Pois é, cuidado com essas lojas que oferecem seus cartões de crédito na hora. Além de taxas desnecessárias, essas empresas acabam forçando a pagar suas faturas no próprio estabelecimento e uma vez lá dentro, com o cartão de crédito devidamente quitado, você pode inventar de gastar um pouco mais.

Concluindo nosso artigo sobre 10 dicas de como utilizar seu cartão de crédito

Já conheci muitas pessoas que se endividaram de tal maneira com essa ferramenta que acabaram picando seus cartões de crédito para evitarem cair no mesmo erro. Não concordo com isso, mas também não condeno, afinal de contas, cada pessoa sabe muito bem até onde vai seus ganhos.

Mesmo assim, trabalhar com cartões de créditos é de extrema seriedade e, geralmente as pessoas que acabaram soterrados por uma bola de neve, acabam aprendendo e trabalhando com seus cartões de uma maneira mais consciente.

Por isso, se você nunca passou por uma situação como essa, nunca teve noites de insônia por causa do alto valor de sua fatura, continue assim, controlando seus gastos e sempre de olho em sua fatura. Como disse lá no comecinho do texto, cartão de crédito é uma ferramenta e como tal, precisa ser utilizada de maneira correta.

Tudo sobre o dropshipping: vale a pena ou não?

Quando a internet estava dando seus primeiros passos, muitos usuários tinham certo receio em realizar transações bancárias. Ou compras pela internet, mas, com os avanços da tecnologia. Isso foi se tornando mito e acabou abrindo novas formas de comércio. Pois, um deles falaremos logo mais: dropshipping.

Porque o dropshipping, na verdade, nada mais é que uma nova solução que vem de encontro a um dos meios de comércio pela internet. Que vem crescendo cada vez mais a cada ano que passa: o e-commerce. Inclusive, uma ferramenta de extrema importância para os comerciantes e prestadores de serviços que querem ter mais lucro através da internet.

dropshipping é possível ganhar dinheiro online
Portrait of a happy woman using laptop computer on the floor

Logo abaixo você terá acesso a informações importantes a respeito do dropshipping nacional. Como por exemplo: para quem ele é indicado, suas vantagens e desvantagens. Além de os melhores fornecedores. Enfim, apresentaremos de uma maneira que entenda melhor essa nova tendência de mercado.

Dropshipping nacional: o que é?

Assim, o dropshipping nacional na verdade é um conceito, uma nova modalidade de comércio pela internet. Onde o vendedor não mantem estoque dos produtos comercializados. Ou seja, sua atuação é mais como um intermediário nas vendas.

A grosso modo, podemos dizer que o dropshipping funciona da seguinte forma: o comprador confirma a compra com o vendedor. Que, por sua vez, entra em contato com o fornecedor do produto comprado. E enviado para o parceiro cliente que dá continuidade nos procedimentos.

Essa nova forma de comércio traz algumas facilidades para a logística da empresa. Esse tipo de processo exclui algumas etapas do processo conhecido. Tais como: separação, embalagem, envio, acompanhamento, entre outros, tornando o processo muito mais simples.

Minha empresa pode adotar o dropshipping?

E, essa nova modalidade de comércio é indicada para empresas que estão começando no mercado. Ou ainda pequenas empresas. Porque, já as consolidadas que contam com uma saída maior de seus produtos, não é recomendado por não ser vantagem.

entregas com dropshipping

Pois, como disse no começo do artigo, o dropshipping conta com vantagens e desvantagens. E se você se interessou nesse novo conceito e quer conhecer um pouco mais a fundo, continue lendo.

Quais são as desvantagens e vantagens do dropshipping?

Assim, essa observação serve para todo e qualquer nova modalidade de negócio. Se você é lojista e está querendo implantar um novo conceito, seja ele qual for, primeiramente, é preciso estudar todas as suas funções. Também características e se traz resultados lucrativos ou não para seu negócio. Sobre o dropshipping, abaixo uma relação de prós e contras:

Dropshipping e seus benefícios

  • Você não precisa ter um alto investimento: no dropshipping, por ser um intermediador, você não precisa manter um estoque. Ter um espaço, entre outros custos que exigem uma empresa. Você pode iniciar sua loja facilmente apenas tendo um computador e uma conexão wi-fi.
  • Já teve problemas com envio de produtos? Reclamações dos clientes por causa de atraso entre outras coisas que derrubam sua avaliação? Sem mencionar nos altos custos? Empresas que trabalham com dropshipping contam com facilidades para entregar seu produto com mais segurança e o melhor, com um valor mais acessível por contarem com transportadoras.
  • Menores gastos, maiores investimentos: adotando essa nova modalidade é possível operar uma empresa com um capital de giro menor. Porque, podendo assim economizar na logística e aproveitar a economia para investir em marketing e divulgação dos produtos;
  • Sem prejuízos de estoque: uma das vantagens mais importantes que deve ser observada é a redução de riscos de estoque parado que gera prejuízo para o negócio. Pois, com o dropshipping isso não acontece por não trabalhar com estoques.
tênis sai muito bem com dropshipping

Dropshipping e suas desvantagens:

  • Redução de lucros: apesar de suas vantagens, o dropshipping acaba trazendo um efeito colateral. Que seria a redução dos lucros. No entanto, algo que pode ser contornado mediante ao aumento de vendas. Por isso, investir em marketing pode ser uma grande solução para driblar esse problema.
  • Escolhendo o nicho correto: sabemos que a concorrência atualmente é muito grande. E, por isso. precisamos escolher um nicho de trabalho que tenha saída. E que nos traga retorno e muitas vendas;
  • Indisponibilidade de produto: é preciso tomar extremo cuidado com os produtos oferecidos. Afinal de contas, algumas empresas aumentam seus valores ou simplesmente tiram de linha determinado produto. Por essa razão, é preciso estar sempre de olho em seus fornecedores e nos produtos que oferece. Para não vender algo por um valor que não pode entregar ou manter o valor informado;
  • Problemas no envio de produtos: uma das maiores desvantagens desse método de trabalho é o envio de mercadorias. Que, dependendo dos fornecedores e de outro seu cliente compra, pode gerar um custo maior. E outra, é preciso ter um controle maior acerca do prazo de entrega para o cliente não se sentir lesado.

Fornecedores no Brasil

O dropshipping abriu e aqueceu os negócios da internet e algumas empresas começaram a importar produtos. Tanto dos Estados Unidos como da China. No entanto, alguns fornecedores começaram a surgir em território brasileiro. E para as empresas que preferem trabalhar com produtos nacionais, abaixo temos alguns fornecedores importantes.

  • Empório Bags: atua com carteiras, bolsas, cintos e acessórios femininos;
  • Imagem Folheados: com folheados em prata, ouro e bijuterias;
  • Atacado Barato: roupas, calçados e acessórios em geral;
  • Mix Barato: trabalho no segmento de tênis e acessórios.

Então, se você achou interessante as empresas mencionadas acima e gostaria de trabalhar com algum delas… Pois, recomendamos que antes realize uma pesquisa a respeito de sua confiabilidade e profissionalismo, incluindo: avaliações e empresas que já trabalham com tais fornecedores.

lingerie em dropshipping

Ao escolher uma dessas empresas, entre em contato e converse a respeito das vantagens de se trabalhar com dropshipping. Se existem valores diferenciados entre outras facilidades para poder investir nessa metodologia de trabalho.

Notas finais para um dropshipping de sucesso

Observando a necessidade de fornecedores para o e-commerce, no dropshipping, saiba que contam com uma importância ainda maior. Pois seus parceiros atuarão diretamente com os clientes de sua loja virtual. E, por isso a necessidade de se trabalhar com uma empresa que tenha um ótimo custo, benefício e produtos de qualidade.

E agora que você conhece um pouco mais a respeito dessa nova tendência de mercado, dropshipping. Nada mais interessante que avaliar os prós e contras, entrar em contato com seus possíveis fornecedores. E começar a ganhar dinheiro intermediando vendas pela internet.

Pois, lembrando que o sucesso de seu negócio está no empenho e na disponibilidade e ações para chamar atenção de possíveis clientes. Por isso, a necessidade de escolher um nicho realmente vantajoso para seus negócios, visando a necessidade de seus clientes. Boa sorte!

Hotmart vale a pena? Paga quanto?

Ganhar dinheiro na internet é um sonho e desejo de uma grande parte de seus usuários. Na própria internet, existem uma série de páginas explicando os procedimentos. Assim, entre todas as formas, uma se destaca: Hotmart, uma empresa conhecida pelos seus produtos. Mas a pergunta que não quer calar é: Hotmart vale a pena?

ganhar dinheiro na hotmart é fácil

Pois, antes de abordar o assunto neste artigo, nada mais adequado que deixar claro que existem sim possibilidades de ganhar dinheiro na internet, principalmente com a Hotmart. Mas, no entanto, como qualquer ferramenta de trabalho, é preciso entende-la para utilizá-la da melhor maneira possível.

Assim, atualmente, a Hotmart é uma das maiores plataformas de infoprodutos que oferece comissões bem lucrativas para seus afiliados. No entanto, enquanto alguns afiliados ganham muito, outros ganham ou quase não ganham nada e é isso que abordaremos neste artigo, continue conosco.

Vamos começar a falar de Hotmart respondendo essas perguntinhas:

  • Como pretende atuar?
  • O que você busca como afiliado?
  • Quanto tempo está disposto a oferecer para estudar a ferramenta?
  • Quais são os conhecimentos que tem sobre o mercado?
  • Você é imediatista?

Pode parecer que não, mas essas simples perguntas são importantes para alcançar o sucesso desejado trabalhando para você mesmo na internet. Por isso, pense e reflita muito bem antes de respondê-las, ok? Pois essas respostas poderão ser responsáveis pelo seu sucesso.

Porque, apesar de muitas pessoas questionarem se realmente o Hotmart vale a pena, saiba que essa plataforma já tornou muitos usuários como eu e você, grandes milionários. Pois, tudo bem que alguns usuários acreditam que esses milionários fizeram fortuna sobre as costas dos outros. Mas as coisas não funcionam bem assim.

Vamos começar do início: como funciona o Hotmart

Porque de uma maneira clara e direta: Hotmart nada mais é que uma plataforma para produtores e afiliados oferecerem produtos para pessoas interessadas em adquiri-lo. Pois, os produtores de conteúdo ganham e os afiliados ganham comissões com vendas geradas a partir de seus sites.

E se cadastrar nesta plataforma é muito simples, e o melhor, gratuito, tudo que você precisa fazer é acessar o site, hotmart.com, preencher seus dados e você estará apto. Para vender infoprodutos e começar a ganhar dinheiro com a internet.

Caso você seja um produtor de conteúdo ou fornecedor de cursos online, pode ganhar dinheiro vendendo seus produtos. Através de pessoas que farão a ponte entre seus clientes. E quanto a afiliados, este venderão seu produto e terão a comissão previamente definida.

Que tipo de infoprodutos são mais fáceis de vender pela Hotmart?

Porque precisamos levar em consideração que as pessoas hoje em dia estão buscando conteúdos que possam ser entregues de uma maneira mais simples, direta e agradável. E, hoje em dia, um dos maiores infoprodutos oferecidos via Hotmart, sem dúvida alguma são os vídeos.

Se você fizer uma pesquisa rápida nos cursos disponíveis pela plataforma, se deparará a uma quantidade enorme de informações. E o melhor, com uma diversidade incrível, podemos dizer que tem tudo aquilo que você possa imaginar que poderia vender.

cursos com pratos deliciosos

Pois, claro que é possível encontrar arquivos em PDF ou até mesmo em outras extensões. No entanto, são materiais que despendem um determinado tempo e exigem uma dedicação muito maior ao aprendizado.

Assim, já os vídeos são muito mais fáceis de consumir e o aprendizado é mais garantido por contar com alguém explicando detalhadamente o que precisa saber. Sem a necessidade de interpretar texto e essas coisas.

E, para você ter uma ideia, segundo levantamento de assuntos pesquisados, foi constatado que os assuntos abaixo são os mais buscados na rede de computadores.

  • Aprender a ganhar dinheiro na internet;
  • Saber como adestrar cães;
  • Entender como perder peso;
  • Como controlar a diabetes;
  • E muito mais.

Pois, mediante a essa busca por esse tipo de conteúdo, criadores de infoprodutos atentem ao mercado oferecendo cursos e informações sobre os mais variados assuntos. E, consequentemente, o afiliado que trabalha corretamente o nicho escolhido. Porque, com informações realmente pertinentes e uteis, acaba levando o visitante a comprar determinado produto.

A internet chegou para ajudar a resolver nossos problemas

As pessoas que pesquisam determinadas soluções no Google estão buscando informações que realmente curem suas dores. Assim, ao se deparar com um curso que ajude a atingir tal objetivo, é claro que será um comprador em potencial.

Mas para isso, ela precisa chegar até esse curso que resolverá seus problemas. E qual o caminho mais fácil de chegar à um curso no Hotmart? Logo, através de seu site que, com certeza, tem que ter alguma relação com o conteúdo pesquisado.

Por exemplo, você tem um site que fala sobre pets e também sobre viagens? Pois, para o afiliado isso pode parecer algo importante, ganhar em dois nichos. No entanto, as ferramentas de pesquisa estão em busca de sites especializados em um determinado assunto. Portanto, um site misto pode não obter tantas visitas devido ao seu direcionamento e quantidade de palavras-chaves.

É possível ganhar dinheiro na Hotmart sendo produtor de conteúdo?

Assim, como disse acima, as pessoas buscam soluções fáceis e a maioria das pessoas, querem realizar determinada coisa apenas uma vez e não ficar criando gambiarras. Por que estou dizendo isso? Para chamar sua atenção para a qualidade de suas produções.

ganhe dinheiro trabalhando com a hotmart

Para oferecer um infoproduto que lhe traga ótimos ganhos, é imprescindível que entregue a solução esperada e ainda, que tenha qualidade, afinal de contas, muitas pessoas encaram uma boa produção com profissionalismo, o que não deixa de ser verdade.

Então concluímos que você realmente pode ganhar dinheiro fornecendo infoprodutos, mas suas vendas estarão relacionadas com a qualidade e a clareza da informação. E não importa sua especialidade ou assunto, tem mercado para todo mundo no universo digital.

Abaixo, veja algumas ideias de especialidades que pode lhe trazer ótimos ganhos:

  • Idiomas;
  • Milhas;
  • Culinária;
  • Manutenção de equipamentos eletrônicos;
  • Plantas ornamentais;
  • Economia doméstica;
  • Programação;
  • Web designer;
  • Pintura;
  • Marcenaria;
  • Artesanato;
  • Saúde;
  • Educação à distância;
  • E muitos outros.

Apesar de ter falado a respeito do sucesso dos vídeos, muitas pessoas e até mesmo, alguns assuntos, pedem a utilização de um e-book. E o por que? Devido a sua facilidade de consumo. Você pode ler nas horas vagas, seja no PC ou até mesmo em seu celular. Mas é importante ter em mente que não existe milagre, portanto não acredite em guru financeiros.

Quanto às comissões e os pagamentos aos produtores, a plataforma do Hotmart cuida de tudo isso, inclusive da entrega dos produtos adquiridos pelos seus clientes. Claro que, aqueles que ganham mais são os produtores de infoprodutos que, além de criadores, podem divulgar seus materiais e ainda, ter afiliados para vender.

E os afiliados do Hotmart?

Produzir infoprodutos precisa de tempo e investimento em qualidade e todo um cuidado de produção, algo que, alguns afiliados preferem não se envolver. Alguns podem até dizer que ganharão pouco apenas divulgando, mas a verdade é que as coisas não funcionam bem assim.

Devido as comissões do Hotmart, é possível para o afiliado ganhar um bom dinheiro online apenas divulgando produtos pertinentes ao nicho escolhido. Geralmente, as comissões nas vendas dos produtos giram em torno de 50%.

você pode fazer seus próprios móveis

Claro que isso não impede do afiliado, um dia ter seu próprio infoproduto para comercializar e ganhar muito mais dinheiro online. Tudo depende do nicho escolhido e de sua procura pelos usuários da internet.

O que é a Hotmart Academy?

E se você não acredita que possa vender pelo Hotmart, saiba que o Hotmart acredita e ainda oferece um curso gratuito para você aprender a vender e realizar sua primeira venda na plataforma, com direito a certificação e compartilhamento no Linkedin.

Isso demonstra que o Hotmart incentiva o empreendedorismo, afinal de contas, vender pela internet é sinal de investimento e de crescimento financeiro. No curso você terá acesso a muitas informações e ainda aprenderá sobre como fazer um marketing digital que funciona.

Se você é produtor de conteúdo ou apenas quer vender para os produtores, nada mais indicado que realizar esse curso que, não despenderá muito de seu tempo e, lembrando das perguntas realizadas acima: você precisará de tempo para aprender.

Você é uma pessoa imediatista?

Podemos dizer que essa é a pergunta mais importante de nosso questionário e que garantirá o sucesso de seu negócio online, seja ele qual for. Se você espera começar um programa de afiliado ou incluir um infoproduto e já sair vendendo no segundo seguinte: é melhor rever suas expectativas.

Não existe algoritmo e muito menos bola de cristal que informe quanto tempo seu negócio online começará a dar lucro. Tudo depende da qualidade de informação que seus afiliados terão e também do infoproduto que está oferecendo.

E isso é algo que pode ser rápido ou não, portanto, se você quer ganhar dinheiro na internet, saiba que esse é um processo que precisa de tempo e dedicação. Não adianta você ter um site com uma meia dúzia de textos ou conteúdos para atrair novos clientes, você precisa estar sempre postando e mostrando que domina o assunto.

ganhar dinheiro online não é para imediatistas

Desta forma, as pessoas que lhe visitarem, poderão voltar para maiores informações e acabarem, devido ao seu conhecimento, a comprar algum de seus infoprodutos. E um detalhe: não confunda: ganhar dinheiro na internet com ganhar dinheiro fácil.

Apesar de você estar na tranquilidade de seu lar, você precisará dedicar algum tempo para seu negócio e estar sempre de olho nos números. Afinal de contas, para vender o que oferece é só oferecendo de porta em porta para ver se alguém se interessa, mas, como estamos falando de internet, é preciso criar conteúdos que atraiam seus clientes.

Agora, para finalizar: Hotmart vale a pena? Paga quanto?

Pois, como disse em diversas partes do texto: sim, Hotmart vale a pena, desde que você faça a sua parte para conseguir realizar o ideal de ganhar dinheiro online. Quanto aos ganhos, tudo depende dos produtos que oferecer em seu site, como disse em determinado momento, as comissões variam e podem chegar até 50%.

E chegamos ao final de mais um artigo. Pois, espero que tenham gostado e que tenha sanado suas dúvidas. Mas, claro que, para ter certeza das possibilidades de seus ganhos com a Hotmart é: escolher muito bem o nicho, trabalhar na divulgação e ter paciência quanto aos resultados, eles podem demorar como podem chegar rapidamente, tudo depende de seu trabalho e do nicho escolhido.

Minerar bitcoin em 2020 vale a pena?

Se você está interessado em conhecer um pouco mais a respeito das criptomoedas. Convido para ler esse texto. Aqui você encontrará algumas informações sobre o bitcoin. E se vale a pena ou não minerar bitcoin. Seja no finalzinho de 2019 ou em 2020.

Durante algum tempo, o bitcoin, moeda digital, conheceu altos e baixos. Uma grande parte dos investidores digitais, perceberam o futuro financeiro em uma queda vertiginosa. Contudo, como toda novidade… A possibilidade de altos e baixos é bem possível. E os bitcoins não poderiam escapar dessa inevitável variação do mercado financeiro.

Assim, prova disso é que, meses anteriores, o bitcoin triplicou de valor. Surpreendendo os mais pessimistas que mal acreditaram… Quando a moeda digital superou a marca de US$ 13 mil. Números bem diferentes que nublaram o crescimento do bitcoin em 2018. E que agora, vem demonstrando sinais de superação e valorização.

homens minerando bitcoin

E a pergunta que a maioria dos investidores fazem neste momento é… Chegou o momento de comprar bitcoin? Ou é melhor esperar a maturação comum? Das novas tendências do mercado financeiro? Essas perguntas serão respondidas logo abaixo segundo especialistas.

Vale a pena arriscar na mineração de bitcoin para 2020?

Como disse acima, toda novidade traz certa insegurança ao mercado. Ainda mais quando o assunto é investimento. E ainda por cima, online. Só para lembrar, essa insegurança é bem comum no mundo online. Podemos citar como exemplo o início da internet que servia apenas para trocar informações entre usuários.

Aos poucos e com os avanços da tecnologia, os contatos pessoais foram se mantendo. Mas, outro leque de proporções globais se abriu para o mundo… A possibilidade de negociar e realizar transações importantes completamente online. Lembrando ainda que… Atualmente existem diversas empresas que existem justamente por causa desse universo online.

Mas será que realmente vale a pena esse negócio de minerar bitcoin? Seria esse o grande negócio para 2020?

Pois, segundo especialistas, gráficos e analistas. Sim, minerar bitcoin pode ser o novo leque que a internet nos oferece. Porém, minerar bitcoins exige um computador voltado para esse tipo de empreendimento. Ou seja: seu PC pessoal não serviria por não ter a capacidade necessária.

Os computadores que ajudam minerar bitcoin são máquinas de alto desempenho. Porque os mineradores ativos no mercado utilizam máquinas como: ASICS. Que possibilitam encontrar sequências de blocos de bitcoin. Sendo os mesmos compatíveis com os blocos anteriores.

não é possível minerar bitcoin em um computador pessoal

E para uma equação tão complexa, o computador precisa realizar diversos cálculos matemáticos em frações de segundos. Pois, para localizar a combinação perfeita. Devido a essa necessidade, as máquinas precisam ser extremamente potentes.

Porque, quando o minerador encontra uma sequencia compatível… Ele recebe um prêmio para cada bloco que minerar. Assim, essa recompensa é uma espécie de pagamento pelo empréstimo. Isso do poder computacional. E também uma forma de incentivar ainda mais. O quã? a mineração em busca de novos blocos semelhantes. Mantendo a rede bitcoin, que também é conhecida como blockchain, em funcionamento.

Porque são milhares de mineradores competindo todos os dias em busca de novas recompensas. E o mais interessante desse negócio é o fato que… Cada bloco se forma a cada 10 minutos. Ou seja, de dez em dez minutos. São milhares de blocos se formam dando reinício a busca pelo ouro digital.

Como é possível minerar um bitcoin?

Pois, cada bloco bitcoin conta com uma digital que é mais conhecida pelos mineradores como “hash”. Os mineradores precisam encontrar blocos anteriores e posteriores. Que contem com um hash semelhante àquele encontrado. Quando os blocos são encontrados… O minerador recebe uma recompensa de 12.5 bitcoin.

Assim, o minerador vencedor e seus bitcoins são informados pelo todo “garimpo”. E seus bitcoins são seus. Para que ele possa fazer o uso que desejar para seu prêmio. Logo, essa informação é organizada em um “livro de registros”. Que na verdade é um enorme banco de dados também conhecido como “blockchain”.

como minerar bitcoin

Porque, as informações são registradas de forma linear e cronológica. E, para garantir a veracidade. E a integralidade das informações, há assinatura digital. Cada computador que integra a rede é informado. Permitindo assim a validação ou não das informações e, consequentemente, ajudando a prevenir fraudes.

Por que o bitcoin se tornou uma moeda digital interessante?

O bitcoin teve suas quedas, mas como dito algumas linhas acima. Conseguiu se superar e chamar atenção de muitas pessoas. Essa valorização é devido ao mercado japonês e chinês. Que vem estimulando essa nova moeda devido à desvalorização do luan.

E devido ao aumento dos valores, a moeda tornou a chama atenção dos investidores. Que desejam investir nesse novo mercado tecnológico. Principalmente aqueles considerados grandes empresas mineradoras.

Pois, o bitcoin tem se tornado uma inspiração para os agentes financeiros. Ainda mais devido alguns bancos terem aderido à tecnologia blockchain. E outros, estarem estudando uma maneira de implantar as suas criptomoedas próprias. Pois, algo que indica uma tendência no crescimento desse mercado no futuro.

Pois, para finalizar: minerar bitcoins em 2020 vale a pena? Porque, sim, claro que vale. Ainda mais com a alta que a criptomoeda tem atingido nos últimos meses. Pois, é preciso estar com os olhos abertos para as projeções. E também, para o que os especialistas nesse tipo de investimento dirão com o passar dos meses.

As previsões para o Bitcoin em 2020

A internet e o bitcoin chegaram e revolucionaram o mundo inteiro ao nosso redor. Mas, vale a pena investir ou não? Assim, hoje em dia, não proporciona apenas a possibilidade de pesquisar. Isso pelos produtos que precisamos com preços mais acessíveis. Como também, tornou o mundo bem menor e, consequentemente, mais negociável.

Desde seu nascimento, a internet já deixava o quê? Clara a sua influência no mundo dos negócios. Pois, atualmente as redes sociais. E até mesmo as páginas que alimentam a rede de computadores… Se tornaram fontes de riqueza. Isso para muitos empreendedores digitais. Porque esse é o objetivo: facilitar. Assim permitindo negociações rápidas. 

E, a internet com o tempo e seus próprios aprimoramentos melhora sempre. Tornando o mundo digital algo extremamente vantajoso. Criando sua própria linguagem. E até mesmo, sua própria moeda. E é sobre as previsões para o bitcoin em 2020 que falaremos neste artigo.

Vale realmente apostar no sucesso das bitcoins?

Precisamos avaliar o cenário e ainda, criar uma prospecção das possibilidades de novos negócios. Para isso, nada mais indicado que analisemos o próprio crescimento da internet. E todas as melhorias alcançadas durante esses anos de existência.

No início, as pessoas sentiam-se inseguranças ao realizarem compras ou transações…. Via internet por receio de roubo de informações sigilosas. Pois, hoje em dia, esse antigo medo já não existe mais devido aos mecanismos de seguranças… Que as empresas idôneas instalam para a segurança de seus clientes.

Logo, muitas empresas, percebendo a necessidade de tornar a experiência de seus clientes mais segura. Pois, aumentaram a qualidade da proteção de informação. E aumentaram exponencialmente as vendas realizadas online. Assim, permitindo novas possibilidades. 

Portanto, podemos dizer que, analisando esse crescimento e desenvolvimento rápido… Investir nessa nova moeda digital pode ser sim um grande investimento. Pois, ainda mais levando em consideração esse caminhar do planeta para uma nova realidade digital.

E quem garante que o bitcoin será o investimento do futuro?

Atualmente muitos profissionais digitais criam previsões acerca dessa moeda digital. As previsões são divididas e equilibradas. E, lembrando que, quando a internet nasceu…. Muitas empresas também não viam futuro nessa ferramenta online.

Entre essas especulações, existe um usuário anônimo que costuma acertar suas previsões e, chegou a mencionar que a bitcoin poderá atingir $87.000 no mês de novembro em 2020. Assim, esse usuário que preferiu se manter no anonimato… Acertou quando mencionou a queda da moeda em dezembro/2018. E também que estaria sendo negociado a $5.300 em abril.

E se você acha que as previsões param por aí, acredite, tem mais. Mas, o analista anônimo afirmou que o bitcoin em julho seria negociado em $9.200. E acabou errando por apenas $300.00. Pois, apresentou uma queda, mas também foi previsto, inclusive sua recuperação. Assim, ganha-se em muitos sentidos. 

O que o usuário anônimo diz para a Bitcoin nos anos vindouros?

Assim, além dessas previsões, o usuário anônimo em seus cálculos revelou que a Bitcoin pode atingir cerca de $16.000 em outubro. E seguir aumentando até alcançar a marca de $29.000 em fevereiro/2020. E com esses números é possível perceber que… O criptomercado poderá dominar o mercado. Chegando a um valor de $3 trilhões.

Pois, segundo o usuário anônimo, os gráficos de projeção sobre o criptomercado não mentem e podemos analisar logo abaixo.

Assim, se analisar o gráfico… Perceberá que o bitcoin duplica de valor toda vez que se encontra em alta. E segundo o site, TrustNodes, isso é um padrão que pode ser observado claramente desde o ano de 2013.

Leve em consideração sua própria analise

Assim, claro que os investidores precisam de informações mais reais. Porque, para poder investir em um mercado que lhe traga resultados. Pois, este artigo não tem a finalidade de impulsionar os investidores a investidor no criptomercado. Mas de apenas, apresentar a projeção de um novo negócio digital.

Porque, mesmo nosso usuário anônimo tendo acertado suas previsões… É recomendado que o investidor realize seus próprios estudos para um melhor e mais seguro investimento.

LCI (Letras de Crédito Imobiliário): APRENDA O QUE É!

Você já ouviu falar sobre a LCI (Letras de Crédito Imobiliário)? Neste artigo falaremos um pouco sobre a LCI, e hoje você vai entender o que é LCI e como ela funciona. O LCI é Conservador e o risco de seu investimento é bem reduzido. E, atualmente, tem taxas de rentabilidade bastante atrativa por causa do aumento contínuo da Taxa de Juros Básica – a famosa taxa SELIC. E por isso muitos acham esse um bom investimento.

A LCI são títulos de creditos equilibrados com os creditos imobiliários, um tipo de investimento seguro. E com rendimento superior ao da poupança, investir em LCI é basicamente a mesma coisa que aplicar o seu dinheiro no banco. Ou, ao pé da letra, emprestar seu dinheiro para o banco, e o banco por sua vez empresta para outras pessoas. Com juros enormes, caso você nunca tenha emprestado dinheiro do banco, tente fugir disso, brincadeiras a parte…

Pois, é dessa maneira que funciona a LCI, você empresta para o banco e o banco empresta para outras pessoas com juros e repassa uma parte do juros cobrado para você. A LCI é basicamente isso, e é por ela funcionar dessa maneira, que você fica isento das taxas. Ou seja, não existem taxas nesse investimento e dessa forma faz com seu lucro liquido mensal seja maior que o da poupança. O funcionamento da LCI é bem simples e por sua vez lucrativo.

ENTENDA MAIS O QUE É LCI (Letras de Crédito Imobiliário) COM ESSE VÍDEO:

VANTAGENS DA LCI

As Letras de Crédito Imobiliário possuem três enormes vantagens:

  1. Não há incidência de Imposto de Renda;
  2. Nem incidência de IOF;
  3. Não há incidência de taxas de qualquer natureza.

Com isso sua rentabilidade torna-se bem mais atrativa que qualquer outro tipo de investimento, levando em consideração também a segurança do seu capital. É óbvio que no mercado de ações você poderá obter ganhos bem superiores, mas é uma via de mão dupla, já que na mesma operação você também corre o risco de algo não sair como o esperado e seu dinheiro virar pó. Isso mesmo, PÓ!

Aplicando no mercado de ações seus investimentos podem chegar a ZERO e, ainda pior, você pode sair devendo, então entenda bem como funciona esse tipo de investimento, se você não esta disposto a se arriscar, esse é o investimento ideal para você, caso queira saber mais sobre outros tipos de investimentos que sejam seguros como o LCI, leia este artigo sobre Tesouro Direto e veja também como funciona o Banco Sofisa. saber de outros tipos de investimento seguro é uma forma de você da o valor devido ao seu dinheiro e com isso investir ele com mais consciência.

SEGURANÇA LCI (Letras de Crédito Imobiliário)

Invista sem medo uma parte do seu capital em (LCI) Letras de Crédito Imobiliário, visto que elas são cobertas pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC) que, atualmente, garante um limite de até R$ 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais) por CPF. Então, caso o banco venha a falir, o Fundo Garantidor irá te reembolsar em até o valor citado acima.

RESTITUIÇÃO EM CONTA CONJUNTA

No caso de conta conjunta, o valor a ser ressarcido será dividido pela quantidade de pessoas titulares da conta. Ex.: Conta AB : R$ 300.000,00 – R$ 250.000,00/2 = R$ 125.000,00 para cada CPF e os outros R$ 50.000,00 não serão garantidos pelo FGC.

ONDE INVESTIR?

Não invista em bancos grandes. Perca o medo e agarre-se no Fundo Garantidor de Crédito. Procure bancos pequenos e médios, procure a maior rentabilidade em prazos curtos, acompanhe os noticiários do banco em que você investiu, esteja sempre atento a tudo relacionado a ele, não aplique seu dinheiro e se esqueça dele pelo fato de ser renda fixa.

COMO INVESTIR?

Há duas possibilidades para se aplicar em Letras de Crédito Imobiliário: ou direto pelo banco ou por intermédio de uma corretora. Atualmente, há corretoras e bancos em que se consegue fazer o procedimento de abertura de conta, transferência de valores e aplicação diretamente pela internet sem precisar ir pessoalmente a lugar algum. Em ambos os casos, seguem as vantagens supracitadas e cabe a você decidir qual a melhor opção.

DICA DE OURO

Invista em bancos pequenos e médios que ofereçam a melhor rentabilidade em prazos não muito longos e não invista mais de R$ 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais) por CPF. Além disto, invista em pelo menos dois bancos diferentes para diminuir ainda mais o risco de deixar de ganhar dinheiro, já que perder você não vai. O máximo que pode acontecer é um dos dois bancos falir e isso no Brasil é uma coisa muito difícil no Brasil, dado que entre as 10 empresas mais valiosas dessa terra tupiniquim 5 são bancos, mesmo se a falência da empresa venha acontecer, o Fundo Garantidor de Crédito vai te ressarcir em um prazo médio de 30 a 45 dias corridos.

Não acredite sempre em gurus financeiros

Gurus Financeiros: quem nunca, procurou uma forma fácil e rápida de ganhar dinheiro na internet, a todo instantes e constantemente as pessoas buscam alternativas para ganhar um trocado a mais na internet, mas diversas experiências me faz desacreditar nos que os famosos gurus falam, prints milionários, fotos e vídeos em Dubai não impressionam mais…

Muitos desses gurus conquistam pequenas fortunas, ganhando dinheiro, não com o método que eles insistem e apostam que funcionam, mas sim, vendendo a promessa que as pessoas podem ganhar dinheiro com isso. Não se pode generalizar, é claro… Muitos realmente conquistam muita grana e podem se exibir naturalmente, mas quem obtém um resultado concreto NUNCA usam isso para ganhar dinheiro com alunos e mentorias.

Quem tem resultado ganhando dinheiro dinheiro na internet, ou em qualquer negócio, simplesmente ganham dinheiro com o processo de suas atividades, não com a entrada de novos alunos.

Isso me faz pensar uma coisa… Pra que o cara quer ganhar 100 reais em um curso de investimento na bolsa de valores, se ele pode facilmente gerar isso em questão de minutos ou até mesmo segundos aplicando na própria bolsa de valores… Qual é a lógica de se vender curso ou mentoria para isso…. Eu só encontro uma resposta, o INTUITO DE AJUDAR, de graça ou por alguns trocados que seja, mas o intuito seja realmente ajudar… Pois que ganha fortunas com seus projetos, não tem necessidade de ganhar para ensinar outras pessoas… Enfim é o que penso sobre os gurus financeiros…

A busca mais famosa da internet: Ganhar dinheiro…

guru financeiro: ganhar dinheiro
fonte: google.com

Ganhar Dinheiro

Não existe forma milagrosa para te fazer ganhar dinheiro, existe práticas e processos que te fazem ganhar dinheiro, o que funciona para mim, não necessariamente funciona para você, porém mudando uma coisa aqui, outra ali… Pode sim ganhar dinheiro, ganhar muito dinheiro…

Quem não quer nadar no dinheiro…

guru financeiro nadar em dinheiro
fonte: google.com
Nadar no dinheiro

Não se engane com os GURUS FINANCEIROS.

COMO FILTRAR AS DICAS DOS GURUS FINANCEIROS?

  • Eu sei trabalhar com o que o guru está falando?
    – Se sim, busque o máximo de informações a respeito,
    – Se não, ou pule para outra alternativa de ganhar dinheiro, ou aprenda do zero.
  • Prejudica alguém, é legal, não vai me dar problemas?
    – Fuja dos problemas!
  • O dinheiro vem rápido? Ele pode ir rápido também?
    – Lembra daquela famosa frase: Tudo que vem fácil, vai fácil! (serve para a vida)

Pois, nem tudo que se vê na internet é verdade, os gurus financeiros tem uma técnica infalível para conquistar alunos, eles exibem o SUCESSO e fazem acreditar que você terá o mesmo “sucesso” que eles.

Assim, tente entender o processo que ele está ensinando e veja se tem embasamento, ninguém fica rico imediatamente, a não ser que ganhe na loteria ou descubra que tinha um bisavô que te deixou uma herança.