Senha alfanumérica Caixa Econômica: como fazer?

senha alfanumérica
0 votes

Se o seu objetivo for aprender a fazer uma senha alfanumérica da Caixa Econômica, saiba que, você está no lugar certo. Em sequência, você verá cada passo desse procedimento e que, na verdade, ele é muito mais simples do que parece.

senha alfanumérica
Fonte: Logos PNG/Reprodução

Para dar início ao assunto, é preciso primeiro entender a definição de senha alfanumérica. Há quem pense que ela é como uma senha comum. Mas, a verdade é que, não é. Além dos números, comuns em todas as senhas, esta, especificamente, leva também letras.

O objetivo é torná-la mais segura. E, sim, nesse momento talvez você esteja pensando que não existe como digitar letras nas máquinas de cartão, quando se está em um estabelecimento.

O que ocorre é que, para esta situação, a senha é diferente. A alfanumérica costuma ser utilizado por usuários da caixa quando esses fazem transações nos caixas eletrônicos. Inclusive, são diversas as operações que, caso não contem com essa senha, acabam não acontecendo. Entre elas, os saques, retiradas de extratos, pagamentos.

Como já foi dito, é uma segurança a mais. Que, precisa ser valorizada. Assim, fica muito mais difícil que alguém acesse sua conta. Sem contar que, não há muita escolha também. É preciso digitar a senha e pronto. Por isso, tê-la é essencial.

Compreendendo o processo de criação da senha alfanumérica

caixa
Fonte: Baixaki/Reprodução

Com relação ao processo de criação da senha alfanumérica, você compreenderá melhor como ele funciona agora. O primeiro passo a ser entendido é que, ao fazer uma conta na Caixa Econômica, você cria uma senha com quatro dígitos. A mesma será a sua senha oficial para tudo o que for feito fora dos caixas eletrônicos.

Por exemplo: quando você for a algum lugar e queira usar seu cartão no débito ou crédito, usará essa senha de quatro dígitos. Porque, quando for na lotérica e usar o cartão, da mesma forma. Pois, assim como quando solicitar alguma transação dentro da agência. Essa será a sua senha padrão, a principal, famosa mãe das outras.

Já a sua assinatura eletrônica será aquela que será usada para acesso aos meios digitais. Tudo que envolver o aplicativo ou site da caixa. Seja pelo celular, tablet, computador. Não importa qual ferramenta. Por isso, tenha em mente que, como são mais senhas, o melhor é anotar em algum lugar todas elas. Já que, sempre precisará saber quais são os números/códigos em questão.

Agora que muitas questões já foram explicadas, chegou o momento de entender como se faz para criar a senha alfanumérica.

O primeiro passo é ter em mãos o seu cartão da Caixa e sua senha de quatro dígitos. Caso tenha esquecido dela, primeiro refaça sua senha em uma agência. Depois disso resolvido, procure um caixa eletrônico da Caixa.

Então, você colocará o seu cartão, digitará a sua senha de quatro dígitos e o mês e ano do seu nascimento. Não se preocupe que, todos esses dados serão solicitados na hora, a sequência não é algo que precisa decorar.

A senha e suas especificidades

aplicativos
Fonte: Peace Art/Reprodução

Após inserir os dados solicitados, é a hora de dar o próximo passo para criar a sua senha alfanumérica. Porque, automaticamente aparece uma mensagem dizendo que, uma nova senha será feita. Nesse caso, como essa é a sua intenção, aperte em confirmar. Assim, a sua senha será impressa pelo caixa eletrônico. E, apenas uma dica extra: anote a senha alfanumérica em outro lugar. Não dependa apenas do papel impresso que você pegou. Isso porque, com o tempo, ele tende a apagar as letras. Então, será outra correria. É bem melhor guardar bem a senha e nunca perdê-la, certo?

Agora, mais um detalhe. Já foi dito, mas, para ficar bem claro. Depois de fazer a senha, todas as vezes que procurar um caixa eletrônico, esta será solicitada. E, caso não esteja com ela ou tenha esquecido, não conseguirá fazer as suas transações.

Por que é preciso dar ênfase neste detalhe? Pelo fato de que, as pessoas muitas vezes fazem as suas transações sem a senha anfanumérica. Depois que ela é criada, esquecem de gravá-la ou tê-la sempre junto.  Então, a dica é sempre estar com ela e assim, não acabar passando nenhum sufoco de não poder sacar seu dinheiro ou fazer pagamentos por conta disso.

Esse sistema é muito mais fácil do que o das digitais. Isso porque, muitas pessoas sofrem porque as digitais não são aceitas sempre. Tem dias que simplesmente parece que não funcionam.

Mais sobre a senha alfanumérica

senha alfanumérica
Fonte: Independente/Reprodução

Mas, ainda sobre a senha alfanumérica, mais uma dica é tentar usá-la de vez em quando. Isso também fará com que, você não corra o risco de esquecê-la. E, de quando precisar, acabar ficando na mão.

Pois, lembrando que, se ela precisar ser refeita, por ter sido bloqueada, por exemplo, assim como a de quatro números e você precisar fazer isso na agência. Ou seja: em horário comercial. Já precisou ter uma emergência no final de semana e acabar não conseguindo resolver por ter esquecido da senha? Melhor não, não é mesmo?

Sem conntar que, nem fazer a senha alfanumérica e nem mantê-la é algo tão complicado assim. Dessa forma, não há com o que se preocupar.

Vale ressaltar que, caso a pessoa tenha alguma dificuldade no sentido de fazer a sua senha, a equipe da Caixa, em horário comercial, pode auxiliar. Apenas tome cuidado em se certificar de que, aquela pessoa realmente trabalha no banco. Já que, é cada vez mais comum que pessoas acabem se passando por atendentes. E assim, deem golpes nas outras.

Para quem possui dúvidas se a senha alfanumérica é semelhante ao PIn, sim, é. Isso porque, da mesma forma, além dos números, ela aceita caracteres especiais. Quando a pessoa pode criar a senha e ela não sai de forma automática, o ideal é que, sejam misturados a maior quantidade de coisas: números, letras, caracteres. Assim, a segurança passa a ser ainda maior. Fuja de ideias óbvias, comosua data de nascimento e/ou nome.

Descubra agora como limpar o nome: deixe de ser negativado!

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *