8 Erros com Cartão de Crédito: Como não cometer?

1 vote

Os erros com cartão de crédito são tão comuns que muitas vezes, nem prestamos atenção que estamos em um ciclo vicioso.

Contudo, é fato de que devemos estar mais atentos a erros e acertos na nossa vida financeira, afinal, podemos estar entrando em um buraco sem fundo e doloroso.

Portanto, se você chegou até aqui para maiores dicas de uso do cartão de crédito, este artigo vai te ajudar do início ao fim. Vamos lá?

Erros com cartão de crédito: Está acontecendo?

Os cartões de crédito são uma ótima ferramenta para pagar quase todas as despesas diárias, ganhar pontos, milhas ou dinheiro de volta.

Além disso, são boas opções para a construção do score de crédito.

Porém, se você não tirar proveito disso, pode ser muito caro usar seu cartão.

Erros com cartão de crédito podem trazer problemas como: nome negativo, obtenção de crédito de outros bancos negada assim como, perder outros tipos de crédito existentes. Já teve problemas com o seu cartão de crédito? Preocupado com o pagamento do próximo mês?

Se a resposta for sim, provavelmente você o usou e cometeu alguns erros.

As pessoas costumam ser negligentes quando se trata de cartões de crédito.

No entanto, tenha cuidado. É por isso que listamos os maiores erros com cartão de crédito para você evitar.

Erro #1 – Cartão não é Renda Extra

Algumas pessoas ficam impressionadas só de olhar para os limites disponíveis no cartão de crédito e acham que o cartão é uma renda extra.

Ou seja, começam a gastar sem nenhum plano.

Fato importante: Você pagará esta fatura. Claro, você pode usar o limite de cartão de crédito, mas tenha cuidado.

Em outras palavras, não pense no seu cartão de crédito como uma renda extra! Não pode.

Seu objetivo é comprar algo superfaturado, e se a compra ultrapassar o seu orçamento, você precisa ser disciplinado para que possa pagar em prestações corretas nos meses seguintes.

Erro #2 – Pagar apenas o mínimo da fatura

Os bancos parecem ser generosos em cobrar de você o valor mínimo, certo?

Entretanto, sem dúvida, este é um dos erros mais comuns que os brasileiros cometem.

Isso porque, por exemplo, se você pagar apenas o valor mínimo do seu cartão, serão cobrados juros.

Sendo assim, quanto mais tempo levar para pagar a fatura inteira, mais dívidas você incorrerá na sua conta. Uma bola de neve se formando na sua frente.

Erro #3 – Atraso no pagamento de fatura

Erros com Cartão de Crédito
Fonte/Reprodução: www.freepik.com

O erro mais óbvio acaba por ser o mais comum que muitas pessoas cometem.

Atrasar o pagamento da fatura por alguns dias pode não prejudicar o seu nome, mas gera multas, juros e IOF que podem ser muito caros e impactar sua pontuação de crédito.

Sendo assim, tenha cuidado para não perder a data de vencimento.

Para lembrá-lo de pagar sua conta, certifique-se de ser notificado pelo seu aplicativo bancário quando a conta for encerrada e devida.

Outro truque é programar um débito automático para que o valor seja automaticamente debitado de sua conta corrente.

No entanto, esta opção só deve ser habilitada se você tiver certeza de que possui um saldo na data de faturamento.

Todavia, se não tiver saldo seu problema será ainda maior.

Erro #4 – Cuidado com o rotativo

Ótimo se você pagar sua fatura em dia. Mas você pagou o valor total?

Se você não quiser pagar o valor total da fatura, insira o que é chamado de “rotativo”.

Ou seja, o banco paga o dinheiro que você deixou em aberto e deve a ele.

Mas é claro, é caro e muito caro.

Os clientes que optarem pelo sistema de crédito rotativo cometem erros com cartão de crédito.

Sabe por quê?

Estes clientes não devem apenas pagar multas, mas também juros e IOF.

Geralmente é mais caro do que usar um cheque especial.

Erro #5. Uso excessivo, orçamento baixo!

Mas um conselho muito simples dos erros com cartão de crédito que não é percebido por muitas pessoas.

Usar cartões pode dar a falsa sensação de que nada está sendo usado.

É importante entender que as restrições do cartão de crédito não são receitas adicionais ou dinheiro “grátis”.

Contudo, todas as transações feitas devem ser pagas integralmente no prazo.

Não se deixe levar pelas ofertas de 10 ou 12 prestações. Se você pagar muito, poderá atingir seu orçamento no final do mês.

Se você não sabe quanto está gastando, acompanhe seus gastos com o aplicativo do banco.

Alguns aplicativos permitem que você personalize os limites do cartão.

Se você tem um limite alto, defina um valor máximo que pode gastar a cada mês para evitar gastar mais do que pode pagar.

Erro #6 – Sacar dinheiro com cartão de crédito

Se você descobrir que não tem dinheiro no bolso, nem pense em usar seu cartão de crédito para sacar dinheiro.

Certamente, porque além de sofrer atrasos nos pagamentos e participar de créditos rotativos, os saques em seu cartão de crédito estão sujeitos a juros de IOF.

Resumindo: muito caro, não faça isso!

Apenas em caso de emergência. Pior ainda, esse tipo de transação não ganha pontos ou milhas.

Em outras palavras, há muitos motivos para pensar duas vezes antes de cometer esse erro.

Erro #7 – Não acompanhar os extratos

Finalmente, uma dica valiosa. Acompanhe tudo que você gasta!

Muitas pessoas usam cartões de crédito e não acompanham seus extratos. Quando vão checar, pagam mais na conta do que de outra forma.

Portanto, o ideal é um que você consulte o extrato do cartão pelo menos uma vez por semana.

Como resultado, você tem melhor controle sobre suas finanças. O aplicativo atualmente, está vinculado a um número de cartão e a uma conta, sendo assim, mostra todos os movimentos.

Erros com cartão de crédito #8 – Emprestar o cartão de crédito a terceiros

É muito comum pedir a familiares, filhos e até amigos que usem o cartão ou eles pedirem isso a você.

Certamente isso já aconteceu com você antes.

Todavia, essa atitude pode ser um pouco perigosa porque você não a está usando e não há garantia de que a pessoa vai conseguir pagar.

Ou seja, você fica devendo, não paga e a situação piora para ambos.

Todas as dicas de erros com cartão de crédito servem de alerta para que não sejam cometidas.

Por fim, todo erro gera uma consequência, e ninguém aqui quer ter o seu orçamento afetado, não é mesmo?

Muitas dicas de Cartão de Crédito no Guru do Dinheiro!

Postagens relacionadas